you tubeface
  • IPA
  • IPA
 Sonhos – Do Cotidiano ao Arquetípico

Sonhos – Do Cotidiano ao Arquetípico

Dulcinéa da Mata Ribeiro Monteiro (org.)

"Um sonho não compreendido é como uma carta não lida" (Talmude).

Desvelar a riqueza de nossa vida onírica sempre despertou o interesse de vários estudiosos, principalmente de C. G. Jung que, de fato, mostrou como os sonhos são a via régia para o inconsciente, fonte inesgotável de sabedoria articulada à vida arquetípica. Daí a importância do trabalho com os sonhos, pois eles nos colocam em direção de nós mesmos, do autoconhecimento e são instrumentos de transformação e equilíbrio psíquico e, portanto, de saúde. Convidamos você a fazer esta imersão. Além de explorar a riqueza do trabalho psíquico com os sonhos, procuramos fazer articulações com a literatura, o cinema, ver seu significado em algumas culturas e crenças religiosas, tipos de sonhos, sonhos – imaginação ativa e a morte...
Editora Wak 2010

 

Indicações do IPA

  • Cadernos Jungianos