you tubeface
  • IPA
  • IPA
Os

Os "Livros Negros" de Jung são publicados no Brasil pela Editora Vozes em evento promovido em parceria com a AJB e o Instituto Junguiano do Rio de Janeiro.

Os Livros Negros não são diários pessoais, mas os registros da auto-experimentação única que Jung chamou de seu "confronto com o inconsciente". Ele não registrou eventos do dia-a-dia ou eventos externos, mas suas imaginações ativas e suas representações de seus estados mentais junto com suas reflexões sobre eles.

Os livros serão lançados no Brasil pela Editora Vozes, segundo acordo com a Editora Americana Norton.

Nos dias 06 e 07 de novembro, a Associação Junguiana do Brasil, o Instituto Junguiano do RJ e a Editora Vozes realizaram o evento de lançamento dos Livros Negros de C.G Jung no Brasil.

A transmissão foi ao vivo e on-line. Estiveram presentes: Sonu Shamdasani, responsável pela edição dos Livros Negros e fundador da Fundação Philemon, Walter Boechat, responsável pela revisão técnica da tradução do original alemão para o português e Membro do IJRJ, Markus Hediger, tradutor do alemão para o português e João Batista Kreusch, editor da obra no Brasil.